O papel da gestão nas indústrias de fundição.

A Gestão de uma empresa pode levá-la ao sucesso ou sua falha prematura. Diversos artigos e matérias alertam que se trata de um ponto importantíssimo da empresa e que deve ser monitorado e melhorado como qualquer outro setor, embora possua autonomia para bagunçar com todo o sistema industrial.

Qualquer indústria opera, ou deveria operar como um sistema, onde suas engrenagens (seus departamentos) trabalhem sempre em prol de um único objetivo e em uma única direção de giro. A Gestão deveria saber lubrificar está engrenagem com a quantidade ideal de lubrificante e nas horas corretas, para que a mesma possa trabalhar de forma suave: sem trancos e solavancos; contudo nem sempre isso é realizado.

Muitos Gestores acreditam que detém o dom de sempre pensar da forma correta e de somente eles poderem executar bons trabalhamos querendo até, substituir engrenagens de longa vida útil e excelentes conhecimentos por itens mais baratos e de baixa durabilidade, acreditando que seu lubrificante dará conta do recado: infelizmente isso não é verdadeiro!

Não existe ser humano perfeito, portanto a gestão também não o é. Saber disso e compor um grupo de engrenagens que se complementam e que possam trabalhar como um time motivado e focados em um único objetivo faz com que o gestor seja considero adequado e de boa performance. Portanto bons gestores não são aqueles que resolvem todos os problemas da organização, mas aqueles que sabem compor um time e transformem este em engrenagens de alta performance.

Mauricio S. de Oliveira Jr. – Gerente geral Sulmaq – unidade Fundição de Precisão.

Leave a Reply